< Voltar para todos os artigos

Comunicação Afetiva Como Diferencial Competitivo

Liderança é a chave. Liderança é centrada nas pessoas. Liderança é o guia. Liderança é influenciar a mudança, não forçá-la. Não se pode subestimar o impacto de uma boa liderança sobre uma organização. Infelizmente, o mesmo se aplica à má liderança. É por isso que é tão importante que sejamos intencionais sobre como estamos liderando aqueles que nos rodeiam.


Como você faz isso em suas empresas e em suas vidas cotidianas?


Se suas ações inspiram outros a sonhar mais, aprender mais, fazer mais e se tornar mais, você é um líder.


Pense em um grande líder, um líder poderoso. Quem é a primeira pessoa que você imagina em sua mente?


Tenho certeza que a maioria são grandes líderes e muitos são aqueles que provavelmente encontraríamos na frente de um microfone. Eles têm carisma. Um político que emociona as pessoas com um discurso estimulante que inspira a todos que estão ouvindo, ou talvez um treinador dando uma palestra motivacional no intervalo que leve a equipe a uma grande vitória no retorno.


Esse estilo de liderança funciona bem quando você se dirige a uma nação ou a um time no vestiário, porém esses estilos não seriam confortáveis ou apropriados para o ambiente corporativo e para o trabalho diário. Eu sugeriria uma abordagem diferente para o sucesso quando você estiver liderando seu time na empresa.


Quero desafiá-lo a olhar a liderança de uma maneira diferente. Quero que vocês abandonem suas noções ou crenças pré-concebidas em torno da liderança. Na verdade, quero inverter o conceito de liderança tradicional, onde o líder é a referência, o pilar forte, e introduzir o termo AFETIVO.


Isto se vincula a tudo o que falamos com o CORAÇÃO e a abordagem afetiva é o caminho para chegar no nível emocional das nossas pessoas. E esta ideia de "Líderes Afetivos" tem ressoado e se conectado com todas as organizações modernas.