< Voltar para todos os artigos

Tendências de Digitalização no Setor de Mineração

Por Marco Pagnini, Diretor de Negócios, DuPont Sustainable Solutions

 

Recentemente, durante uma reunião com analistas, a Anglo American definiu sua visão de se tornar uma empresa líder na digitalização de suas operações de mineração em toda a cadeia de valor. O CEO procura alinhar as operações do grupo à “mina do futuro”, remodelando os negócios para o crescimento e a sustentabilidade, usando a tecnologia e a inovação como catalisadores.

 

Essa multinacional de mineração certamente não está sozinha em sua jornada para se reinventar. Com a crescente pressão do mercado para que as mineradoras tenham processos mais limpos, seguros e eficientes, muitas outras organizações estão usando a digitalização e a análise de dados para melhorar o gerenciamento de riscos e alcançar a excelência operacional.

 

A International Data Corporation revela que os investimentos mundiais em tecnologias e serviços que permitem a transformação digital de práticas, produtos e organizações atingirão US $ 1,97 trilhão em 2022. Em 2019, as empresas devem gastar US $ 1,25 trilhão em tecnologias digitais na expectativa de acelerar os processos de produção, melhorar a qualidade dos produtos e serviços, facilitar o compartilhamento de informações, aumentar a confiabilidade e a integração da cadeia de suprimentos, melhorar o desempenho de SMS e, finalmente, impactar os resultados financeiros.


O setor de mineração pode beneficiar-se e obter vantagens competitivas ao empregar tecnologias digitais e análise de dados para otimizar operações, desempenho de ativos e reduzir riscos. No entanto, para isso, as mineradoras precisarão superar as barreiras de suas operações, que geralmente são divididas em silos operacionais individuais, com integração ineficaz entre a mina, o processamento e o transporte. Ao unir esses elementos da cadeia de suprimentos, surge o maior escopo de mudança e uma oportunidade para encontrar novas eficiências que gerem resultados. Para superar essas barreiras e alcançar uma transformação digital eficaz, é necessário foco em sistemas, em processos e, principalmente, nos recursos e na mentalidade que devem ser implementados.


Estimulando a digitalização para melhorar o desempenho dos negócios e reduzir os riscos Em um mercado desafiador, a digitalização tornou-se um imperativo comercial, alavancando as tecnologias mais recentes para aprimorar processos, a fim de manter a competitividade, reduzir riscos e melhorar as operações e o desempenho do negócio.


As ferramentas de simulação que usam “gêmeos digitais” permitem que as empresas de mineração analisem seus processos em um ambiente virtual e projetem o desempenho operacional usando cenários prováveis ('what if)', reduzindo o tempo e o custo durante as operações de prospecção, exploração e mineração.


A inteligência artificial e análises avançadas estão sendo aplicadas para impulsionar as melhorias dos processos, identificar e remover gargalos, aumentar a disponibilidade de ativos, confiabilidade e utilização, além de otimizar custos e reduzir a pegada ambiental. A BHP Billiton, por exemplo, utiliza sensores avançados na fase de extração, que fornecem mais informações sobre os minérios. Assim, há um aumento na previsibilidade da mina, permitindo uma extração mais precisa do cobre. Além disso, o processamento e o desperdício são reduzidos.


Também existem soluções digitais que podem melhorar o desempenho das operações e mitigar os riscos, como brocas autônomas e caminhões e trens sem piloto, bem como o monitoramento de equipamentos acionado por sensores. Os dados capturados por meio do monitoramento em tempo real de pessoas que trabalham nas minas, no ambiente e no equipamento, podem fornecer informações relevantes e serem traduzidos em controles específicos de curto intervalo, bem como em planos estratégicos. Por exemplo, a fadiga dos trabalhadores pode ser monitorada através de tecnologias wearable e a interação homem-máquina pode ser controlada através de sensores em tempo real.


O uso de tecnologias de realidade virtual ou realidade aumentada é cada vez mais comum para treinar e aprimorar a força de trabalho na segura execução de tarefas de alto risco e solução dos principais problemas e desafios operacionais. Aprendizagem experiencial, gamificação e reforço just-in-time - adaptado para meios digitais - são mais eficazes no suporte ao desenvolvimento de competências e na medição do impacto.


Os drones estão sendo usados para gerenciamento de inventário, reconhecimento de área, gerenciamento de tráfego e manutenção. Além disso, a impressão 3D de peças de reposição pode reduzir o tempo de inatividade e garantir a manutenção dos níveis de produção. Há também a oportunidade de criar um melhor desempenho no rastreamento de remessas, otimização de rotas e despacho de frotas, o que resulta em integração otimizada desde a mina até o porto.


Principais fatores de sucesso para digitalizar as operações de mineração
Enquanto as aplicações da digitalização e de tecnologia na mineração estão se tornando infinitas, identificamos os principais fatores críticos para o sucesso de qualquer esforço de digitalização, desde projetos-piloto até implementações em larga escala.


1. Concentre-se nos principais fatores de valor e risco dos negócios
A digitalização deve abordar um problema claro e relevante no negócio. Portanto, é essencial adotar uma visão integrada e holística dos principais fatores de valor e riscos ao longo da cadeia de suprimentos, para maximizar o impacto da digitalização nos negócios e no desempenho de saúde, segurança e meio ambiente.


2. Incentive os recursos digitais nos processos de tomada de decisão e gerenciamento de desempenho
Em todos os níveis organizacionais, é essencial integrar os recursos digitais ao sistema operacional de gerenciamento (ERP) e ao modelo operacional dos negócios. Dessa forma, as soluções digitais podem apoiar efetivamente a tomada de decisões, bem como o desempenho dos ativos e o gerenciamento de riscos, desde o nível estratégico até o nível operacional.


3. Apoio da liderança e mudanças culturais são necessárias para a adoção bem-sucedida
Além do benefício potencial, os programas de digitalização também podem apresentar uma série de desafios que precisam ser reconhecidos e abordados adequadamente para garantir uma adoção bem-sucedida. Por exemplo, no caso de informações relacionadas a pessoas, como dados de wearables ou de outros sensores distribuídos, a digitalização pode gerar um medo de "ser vigiado" e uma sensação de desconforto. Nesse momento, o papel da liderança é fundamental para o engajamento da organização em facilitar a mudança, aprimorando os funcionários,removendo barreiras à mudança, neutralizando os medos e modelando os comportamentos e mentalidades desejados. Para esse fim, a liderança precisa estar preparada para expandir e aprimorar suas habilidades de liderança, a fim de evoluir e apoiar a organização em sua jornada de transformação com sucesso.


À medida que a indústria de mineração navega em um ambiente de negócios desafiador, caracterizado pela volatilidade do mercado, demanda variável, recursos finitos, aumento de custos e pressão internacional para melhorar sua pegada ambiental, social e de governança - tudo isso ao mesmo tempo que se garante lucro aos acionistas, a necessidade de abraçar a inovação tecnológica e digital parece uma alavanca estratégica para impulsionar a indústria para o futuro da mineração.


Saiba mais sobre as soluções que a DSS oferece para criar a mina do futuro.